Detalhes tão pequenos de nós dois…

Uma pequena mostra da dificuldade de construir um roteiro histórico, que mescla aventuras, romance, batalhas e deslocamentos por terra e água, geralmente com pouca documentação.

Anita e Garibaldi fizeram uma verdadeira epopéia de deslocamentos, desde que se conheceram até que foram assentar-se no Uruguai.
Parte desses deslocamentos aconteceu já quando ela tinha seu primeiro filho, saindo de Mostardas, passando por Viamão, Vacaria, Cruza alta, São Gabriel. É como fazer um quadrado dentro do estado do Rio Grande do Sul, mas sem completar o último lado.
A parte mais difícil deste trajeto foi logo no início, a subida da Picada das Antas, um vale sinuoso formado pelo rio das Antas, cujo leito em zigue e zague oferecia na época uma das poucas alternativas de se subir o paredão da Serra Geral vindo da campanha gaúcha para Vacaria. De tão difícil, até hoje é uma região bastante preservada. Foi uma subida dura de 9 dias embaixo de chuva, e quase todos os animais e parte das pessoas que iniciaram o trajeto não chegaram ao fim, sobretudo mulheres e crianças. Não à toa, próximo dali, formaram-se anos depois algumas cidades que, em homenagem, ganharam alguns nomes que por ali passaram nessas heróicas idas e vindas: Bento Gonçalves, Garibaldi, Farroupilha.

Garibaldi descreve, em seu relato transcrito por Alexandre Dumas, logo na primeira linha do capítulo “Picada das Antas”:
“Aquela retirada, empreendida sob estação hibernal”….

Memórias de Garibaldi, de Alexandre Dumas, LP&M, 1998, pg 106

Memórias de Garibaldi, de Alexandre Dumas, LP&M, 1998, pg 106

Quase todos os historiadores consultados foram na onda dele.
antas_inverno02
antas_inverno03

antas_inverno04

antas_inverno05

Mas não fazia sentido.
Anita teve seu filho antes, em setembro de 1840. Primavera.
Este deslocamento da tropa farroupilha, que, deduzindo por relatos, durou 3 meses, chegou ao fim documentadamente em março de 1841. Quase outono. E Garibaldi afirma que seu filho tinha 3 meses quando subiram a Picada das Antas.
Portanto, a subida da serra das Antas se deu entre dezembro de 40 ou janeiro de 41 (confirmando o próprio Rau, no livro “Vida e Morte de José e Anita Garibaldi”).

Wolfgang Ludwig Rau, Vida e Morte de José e Anita Garibaldi, Edição do Autor, 1898, pg 51

Wolfgang Ludwig Rau, Vida e Morte de José e Anita Garibaldi, Edição do Autor, 1898, pg 51

Como se sabe, seja no Mato Grosso, na Argentina ou no Rio Grande do Sul, dezembro não é inverno abaixo do equador. Foi um verão de muitas chuvas, e o clima da Serra deveria ser muito frio, sobretudo para quem ficou 9 dias molhado e sem abrigo. Garibaldi foi traído pela memória ou pela retórica, clima de inverno não quer dizer estação do ano.
Não havia lógica na informação, mas as fontes confirmavam. Para esclarecer, foi necessário montar todo o quebra-cabeça, preencher lacunas e conseguir achar o período exato da epopéia.

As vezes ficamos dois dias ou mais apenas procurando esclarecer um detalhe como esse, para poder contar a história de forma linear e clara.

Como justiça, declare-se que tanto Rau quanto Brasil Gerson não foram pela lembrança de Garibaldi. Rau, em “Anita Garibaldi”, não repete que “era inverno”, mas também não aponta o erro de Garibaldi, talvez por considera-lo sem importância.
Já Brasil Gerson, apesar de escrever uma biografia romanceada, corrige claramente:

Brasil Gerson, Anita e Garibaldi, Guerrilheiros do Liberalismo, José Bushatsky Editor, 1971, pg 49

Brasil Gerson, Anita e Garibaldi, Guerrilheiros do Liberalismo, José Bushatsky Editor, 1971, pg 49

Uma resposta to “Detalhes tão pequenos de nós dois…”

  1. lucas lima Says:

    Incrível seu empenho neste trabalho, Custódio, dá gosto passar por aqui e acompanhar. Boa sorte.

    Um abraço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: